quarta-feira, 7 de março de 2007

Paul Newman


Falar de Paul Newman é tarefa difícil, tão extensa é a lista das películas que protagonizou, os seus sucessos, os prémios, as paixões.
Lembram-se de “Gata em Telhado de Zinco Quente”, “A Golpada”, “Dois Homens e um Destino”, “O Veredicto”, “Grande Prémio”?
E de “Exodus”, “O Prémio”, “O Juiz Roy Bean”, “A Torre do Inferno”?
Pois é, todos eles têm a sua marca de grande actor.
Um apaixonado por automóveis, chegando mesmo a corredor de bólides de alta velocidade.
Os seus olhos azuis deslumbraram várias gerações de donzelas, o seu talento impôs-se naturalmente.
É hoje um ancião de 82 anos, homem de negócios bem sucedido, que vive com a sua mulher de sempre, a também actriz Joanne Woodward.
Um clássico da 7ª Arte.

4 comentários:

Teresa disse...

Grandes mudanças, José! Que alegria ouvir de surpresa a grande Judy Garland!

Paul Newman... sabia que há quatro anos (fez agora) o vi em Nova Iorque na Broadway? A peça era Our Town, que se diz ser a peça que está no coração de todos os Americanos. Era a primeira vez que ele pisava um palco em 38 anos. Eu estava na 3.ª fila ao centro, que sou do mais esquisitinho que há em matéria de lugares - portanto praticamente ao colo dele.

Hei-de digitalizar o programa e enviar-lho, que eu guardo religiosamente essas coisas. A biografia dele é um prodígio de modéstia (tanto que é a última a aparecer) e de humor. Até tenho a vaga ideia de referir que se especializou em condimentos culinários, ou algo parecido.

O que não refere é o extraordinário trabalho humanitário que tem desenvolvido ao longo de muitos anos. Comprou um castelo na Irlanda para acolher crianças com dificuldades nas férias. Tudo a sair-lhe do bolso - dele e da mulher, que ganhou também um Oscar muitos anos antes dele - e sem aparecer nas revistas.

Parabéns pelo novo visual do seu cantinho!

elisabete cunha disse...

Que homem digno,não?

pedrita disse...

belíssimo paul newman, quantos suspiros em suas interpretações. o que sempre gostei no paul newman foi a diversidade de personagens e seu grande poder de interpretação. fora o quanto é cativante. beijos, pedrita

Sabrina. disse...

... que agora nos deixou.
um belíssimo actor, em toda a amplitude do termo.

Locations of visitors to this page