sexta-feira, 6 de julho de 2007

Jeanne Moreau


Começou na Comédie-Française, o que é, desde logo, um bom princípio, mas rapidamente foi chamada para o mundo do cinema, tal o nível das suas representações.
Nascida em 1928, Jeanne Moreau nunca abandonou o teatro, preenchendo assim uma já longa e brilhante carreira.
Trabalhou com Truffaut, Malle, Antonioni, Welles.
Quem não recorda “Jules et Jim”?
Actriz completa, soube adaptar a idade aos inúmeros papéis que foi aceitando, mas sempre sob um critério rígido de qualidade. Não desbaratou o seu talento em produções menores, ou de intuitos meramente comerciais.
“É a melhor actriz do mundo” sentenciou Orson Welles.
Opiniões.
Mas vinda de onde vem…tem peso!

5 comentários:

Rui Luís Lima disse...

olá josé quintela soares!
jeanne moreau é um nome incontornável na história do cinema. "Jules e Jim" de Truffaut é um dos seus mais belos filmes, mas ela fez muito mais, a lista é extensa, mas recodo-me dessa obra espantosa "Moderate Cantabile" (vi na época no Quarteto), realizada pelo Peter Brook e baseada numa obra da Margueritte Duras, depois temos a sua colaboração com nomes como Buñuel (Diário de uma Criada de Quarto8, Welles (História Imortal e O Processo)e tantos outros, recentemente vimo-la em "O Tempo Que resta" do François Ozon e ela continua fabulosa.
um abraço cinéfilo e bom fim-de-semana
paula e rui lima

Andréa Weber disse...

Olá José! É a primeira vez que visito seu blog e adorei, sou diretora de teatro, e amo cinema (embora não tenha intenção de trabalhar na área) vou adicionar seu blog aos meus favoritos para poder estar sempre por aqui! Fica o convite para que conheça meu espaço http://livingbehindthescene.blogspot.com
grande abraço

pedrita disse...

maravilhosa. beijos, pedrita

miguel domingues disse...

Aquelas olheiras deixam-me de rastos!!

Está blinkado no meu espaço.

Cumprimentos

Neves de ontem disse...

A imagem, mas também a voz que tem esta mulher, é fabulosa.

Locations of visitors to this page