terça-feira, 3 de julho de 2007

Carmen Maura

Nascida em 1945, em Madrid, o pai era oftalmologista e a mãe directora de uma galeria de arte. Frequentou as Belas Artes em Paris, para além do curso de Filosofia na Universidade da capital espanhola. Foi exactamente no teatro universitário que dá os primeiros passos na representação, e percebeu que o seu destino era ser actriz.
Contrariando os pais, aceita trabalho em cafés, cabarets, teatro amador, e pequenos papéis em filmes secundários.
“Tigres de Papel” é o seu primeiro grande trabalho, em 1977.
E é nessa época que conhece Almodóvar, com quem começa a trabalhar incessantemente. Através dos seus filmes, pudemos conhecer esta enorme actriz, versátil e completa, em comédia ou drama.
São tantos os seus êxitos que seria fastidioso enumerá-los.

Carmen Maura.
A classe.

5 comentários:

Rui Luís Lima disse...

olá josé quintela soares!
Carmen Maura é uma actriz espantosa revelada a todos nós pelo Pedro Almodovar nos seus filmes, depois foi aquela célebre zanga entre cineasta e actriz, mas como águas passadas não movem moilhos, alguns anos depois eles lá fizeram as pazes.
Já agora que estamos por terras de Espanha e a navegar no cinema do Pedro Almodovar, gostariamos de referir outra actriz de que gostamos muito em especial, Victoria Abril que tem andado distante dos nossos écrans e como tal um pouco esquecida.
um abraço cinéfilo
paula e rui lima

pedrita disse...

simplesmente maravilhosa. adorei a foto que escolheu. beijos, pedrita

Neves de ontem disse...

Na Espanha também foi uma apresentadora de televisão muito conhecida. Inesquecível é também no filme "La Comunidad" de Alex de LaIglesia. Victoria Abril nos últimos tempos trabalha mais no cinema francês do que no espanhol, ela mora em Paris há muito tempo. Cumprimentos.

Anónimo disse...

Não conhecia!

beijos mil
elisabete cunha

Lua Obscura disse...

De facto a Carmen Maura é sensacional, absolutamente fantástica. Também concordo com o Rui, a Victoria Abril é outra grande actriz espanhola, de facto um pouco desaparecida ultimamente, mas que também associo muito a Almodovar (especialmente nos fantásticos Ata-me e Kika)

Cumprimentos cinéfilos

Locations of visitors to this page