quinta-feira, 12 de julho de 2007

George C. Scott


Como já escrevi a outro propósito, há actores que ficam célebres por este ou aquele papel. Podem depois rodar dezenas de filmes, mas aquele ficará sempre a sua imagem “de marca”.
No caso de George C. Scott (1927-1999), temos “Patton”, com o qual venceu o Oscar de Melhor Actor em 1970.
Quem vê este filme, não mais o olvidará.
E até nos esquecemos das suas magistrais interpretações em “Dr.Strangelove”, “Islands in the Stream”, e “The Formula”, para citar apenas três dos cerca de 40 filmes em que participou.
As personagens que interpretou são fortes, duras e inteligentes. Como ele.
Sabem quem era a sua actriz preferida? Bette Davis.
E o “C” no seu nome é a inicial de “Campbell”.

7 comentários:

Rui Luís Lima disse...

olá josé quintela soares!
para sempre fica aquele discurso logo a abrir o "Patton" com a bandeira americana em fundo (curiosamente um argumento assinado por francis coppola)onde ele é fabuloso, depois vestiu novamente a pele de militar no filme de Kubrick e em "O Clarim da Revolta", mas uma das interpretações que mais admiramos, à beira do abismo, é a do pai em busca da filha em "Hardcore" do Paul Schrader, profundamente comovente.
um abraço cinéfilo
paula e rui lima

pedrita disse...

nunca reparei nesse ator. beijos, pedrita

teresamaremar disse...

Patton... oscar que ele recusou. Creio ter sido o primeiro actor a recusar um Oscar.

jose quintela soares disse...

Pois é teresamaremar, recusou o Oscar por sentir que ao desempenhar qualquer papel, não estava em competição com nenhum outro actor.
Sugeriu à Academia que esse Oscar fosse entregue ao "Museu Patton".
Nunca foi.

Andréa Weber disse...

olá... sabe que este blog vai me forçar a assistir muitoss filmes, porque não conheço muitos dos atores que você cita... ja que são filmes de uma época em que eu nem existia ou era ainda muito jovem...
estou adorando as informações

grande abraço e bom fim de semana

Knoxville disse...

Patton e Dr.Strangelove: Em qual deles esteve mais irresístivel. Num domina, no outro é mais um louco na festa :)

Um abraço José!

Anónimo disse...

Grande ator!


Saudades amigo querido!


elisabete cunha

Locations of visitors to this page