segunda-feira, 23 de abril de 2007

"Meninos-Prodígio"



Ainda que o sucesso seja quase sempre efémero, mesmo no Cinema, o da esmagadora maioria dos chamados “meninos-prodígio” nos ecrãs demonstra de maneira clara que assim é.
Nos Estados Unidos o caso mais gritante será o de Shirley Temple, ainda que Mickey Rooney lá chegue perto. Na Europa, lembramos Joselito.
Este miúdo espanhol foi um caso muito sério de popularidade nos anos 50 e início da década seguinte, e a minha geração viu todos os seus filmes, trauteava as suas canções mais conhecidas e aguardava ansiosamente nova estreia.
Com uma excelente voz, o garoto ainda representava, transformando-se num autêntico “filão” de ouro para os produtores dos seus filmes, que depois o levavam em “tournée” não só por toda a Espanha, mas também pelas Américas, nomeadamente no México, onde o êxito era similar ao espanhol.
“O Pequeno Rouxinol” foi seguramente o filme mais conhecido, que lhe deu o epíteto pelo qual passou a ser conhecido.
Acabada a infância, a juventude não esteve à altura das expectativas criadas, a idade adulta ainda menos, e hoje em dia ninguém sabe quem é o cidadão Joselito.
Ficou a lembrança de um tempo em que, mesmo a preto e branco, os filmes deste pequeno cantor esgotavam as salas onde eram exibidos.

5 comentários:

teresamaremar disse...

Apenas por curiosidade, sei de um trabalho, que está no prelo, cujo teor versa Os Meninos de 40.
Meninos anónimos do interior português, gente de muita dignidade que veio a desenvolver meritosos trabalhos, em diversas áreas, apenas conhecidos no seu restrito meio.

Rui Luís Lima disse...

olá!
ainda me lembro de em miúdo ter visto uns filmes do Joselito no Odeon, cinema vocacionado para os filmes do país vizinho.
um abraço cinéfilo
rui luís lima

pedrita disse...

eu sempre gosto de ver a trajetória das crianças no cinema. o imdb ajuda bastante. alguns realmente páram a carreira, mas alguns se tornam grandes e promissores atores. elizabeth taylor é uma delas. beijos, pedrita

Rodrigo disse...

Olá José, obrigado pelo comentário. E apareça sempre que quiser. :-)

Bruna Pereira disse...

E por falar no Joselito...
Lembram-se da bela Marissol?

:)

Locations of visitors to this page