sexta-feira, 26 de outubro de 2007

Cantinflas



Não era um “grande” actor.
Os filmes que protagonizou estão hoje nos baús do esquecimento.
“Datados”, são simples histórias, para crianças hoje adultas, que as viram há muitos anos, nos cinemas deste país.
Cantinflas, de seu nome Mario Moreno (1911 – 1993), é um personagem humilde, pobre, sempre amigo do próximo, bem intencionado e honesto.
No fundo, o México aproveitou-o para também se promover internacionalmente, tendo Charlie Chaplin dado uma boa ajuda quando classificou Cantinflas “o melhor comediante do mundo”, frase que me parece exageradíssima…

Em miúdo, vi muitos dos seus filmes.
E tenho saudades.

4 comentários:

H. disse...

ainda passam muitas vezes alguns filmes com ele na RTP Memória...

Anónimo disse...

Julgo possuir, em video, a maioria dos seus filmes, que considero classicos de comedia.
(Desculpe la, Sr. Soares...)


AM

Rui Luís Lima disse...

olá josé quintela soares!
Em criança vi muitos filmes de Cantinflas,no cinema Odeon, outro dos desaparecidos, mas adiante... no entanto recordo-me que nessa época quem me fazia mesmo rir era o Laurel and Hardy, conhecidos entre nós como "O Bucha e O Estica", reservo na minha memória uma ternura especial por aquele filme passado no deserto,na Legiâo Estrangeira. Regressando ao Cantinflas recentemente vi um filme dele na RTP memória, mas já não me cativou.
um abraço cinéfilo e bom fim-de-semana
paula e rui lima

Anónimo disse...

Lamentavel que um artista Latino-Americano como Cantinflas tenha ficado no ostracismo. Um dos maiores comediantes, que fez a felicidade de todos nós, não tenha recebido uma estátua em louvor a seus feitos. Lamentavel.

Locations of visitors to this page