sábado, 18 de agosto de 2007

Anne Bancroft


Fez inúmeros filmes, interpretou dezenas de papéis, mas Anne Bancroft será sempre…Mrs. Robinson.
Dela nos lembramos quando escutamos os fabulosos Simon & Garfunkel a cantar essa mesma canção. E de imediato surge um Dustin Hoffman quase imberbe, a lançar-se para a ribalta.
Nesse filme, “The Graduate”, a carga de sensualidade e até erotismo que Bancroft consegue fazer chegar às plateias é tremenda. E inesquecível.
Anna Maria Louisa Italiano, de seu verdadeiro nome, nasceu no Bronx em 1931, neta de avós italianos, como o nome indica claramente. Anne Marno foi o seu primeiro nome artístico, nomeadamente em séries televisivas, mas ainda nos anos 50 altera para “Bancroft”, por lhe parecer mais elegante.
Nomeada 5 vezes pela Academia, apenas venceu em 1963 com “The Miracle Worker”.Mas quem não a recorda também em “7 Women”, “Silent Movie” e “The Hindenburg”?
Foi casada mais de quatro décadas com Mel Brooks, personalidade aparentemente nos antípodas da actriz. Quando esta morreu em 2005, Mel Brooks avisou os amigos que quem quisesse chorar nas cerimónias fúnebres, era melhor ficar em casa.
E assim foi.
Anne Bancroft teria aprovado.

4 comentários:

teresamaremar disse...

Mesmo o passar do tempo, quando a beleza se diluiu [eu achava-a muito bonita], trouxe-lhe uma muito especial cândura no olhar.

Desconhecia completamente que fora casada, e tanto tempo, com Mel Brooks :))

Rui Luís Lima disse...

olá josé quintela soares!
foi no filme de Mike Nichols ao lado do jovem Dustin Hoffman que vimos a Anne Bancroft pela primeira vez, Mrs Robinson made Simon and Garfunkel ainda toca aqui em casa.
depois fomos descobrindo os seus filmes, o fabuloso "Sete Mulheres" do Ford, o "remake" do Mel Brooks do "To Ber or not to be" do Lubistsch e essa pérola chamada "Rua do Adeus" ao lado do Anthony Hopkins, uma história de livros e da inerente paixão pela literatura.
um abraço cinéfilo
paula e rui lima

elisabete do encanto disse...

MuLHER DE EXPRESSÕES FORTES , BELISSÍMA!

Bela semana amigo!

Pedrita disse...

eu adoro essa atriz, lembro sempre dela no nunca te vi sempre te amei que tem outro nome em portugal. é aquele como anthony hopkins que eles só se correspondem por cartas e nunca se conhecem. primoroso os dois. bejios, pedrita

Locations of visitors to this page