sexta-feira, 25 de maio de 2007

Faye Dunaway


Acontece a muitos actores e actrizes.
Têm o seu período áureo e depois multiplicam a sua presença em filmes banais, que nada acrescentam às suas carreiras.
Faye Dunaway (nasceu em 1941) integra este numeroso grupo.
Estreou-se no cinema em 1967 no filme “Hurry Sundown” e logo nesse ano consegue protagonizar com Warren Beatty “Bonnie and Clyde”, talvez o seu melhor filme.
Ou seja, logo no ano em que inicia a sua actividade, tem o seu grande papel.
Mas nos anos 70 podemos vê-la em grandes filmes, “Os Três Dias do Condor”, “O Pequeno Grande Homem”, “Chinatown” e “Network”, que lhe valeu o Oscar para Actriz Secundária.
E a partir daí… para além de uma película biográfica sobre Joan Crawford, que interpretou magistralmente, nada de especial a apontar.
Mas há um filme, de que talvez poucos se lembrarão, que nunca esqueci: “Os Olhos de Laura Mars”, de 1978, em que Faye Dunaway me encantou.
Uma grande actriz que não soube gerir a carreira?
Talvez.

3 comentários:

Rui Luís Lima disse...

Aqui está uma actriz que entrou pela porta grande como refere e depois viu a sua chama a desaparecer lentamente consumindo-se para sempre. Ela continua em actividade, dividindo a sua carreira entre o cinema e a televisão, mas longe vão os tempos em que as companhias se chamavam Redford, Nicolson e Beatty, esmo assim "Albino Aligator" e "Don Juan de Marco" ficaram-nos na memória.
um abraço cinéfilo e bom fim-de-semana
paula e rui lima

teresamaremar disse...

Na senda do comentário da Paula e Rui, é isso, embora em actividade ainda, e havendo tido ao lado grandes nomes, foi-se apagando.
Bonnie and Clyde permitiu-lhe entrar em sucesso na nova era de ouro, embora a nomeação possa ter tido muito a ver com a sua sensualidade, apesar do filme haver sido um marco na época. Contudo, lembrando-a, é este que me ocorre, e os outros dois mais conhecidos, Network e Chinatown. Para mim talvez esta haja sido a sua melhor representação, mas "Albino Aligator", por exemplo, não lembro...
Apesar das nomeações obtidas em trabalhos televisivos, porventura a passagem ao pequeno écran não lhe terá favorecido o percurso.

pedrita disse...

adorei essa música e adoro essa atriz. realmente ela está esplêndida em os olhos de laura mars. beijos, pedrita

Locations of visitors to this page