quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Nonagenários (6)




Sempre foi um actor que interpretou papéis secundários, mas nem isso impede que seja considerado um grande actor.
E se pensarmos que participou em filmes como “Lord Jim”, “The Good, The Bad and The Ugly”, “The Godfather – Part III”, e “The Magnificent Seven”, teremos desde logo uma ideia do seu valor, do reconhecimento do seu talento, da sua enorme capacidade em "viver" os mais variados personagens.
Eli Wallach estreou-se em 1956, em “Baby Doll” e logo aí venceu um BAFTA de revelação masculina.
Todos os grandes actores contracenaram com ele, trabalhou com os mais reputados realizadores, é uma das “lendas vivas” do cinema.
Nasceu a 7 de Dezembro de 1915.
Tem 93 anos.

3 comentários:

Pedrita disse...

gosto muito desse ator, mas só lembro masi dele recentemente. beijos, pedrita

Ana Cristina Casqueiro Haderer disse...

A última vez que o vi foi num episódio do ER, na televisão. Era uma série que teve o mérito de ir buscar grandes nomes de actores de outras gerações e fazê-los trabalhar ao lado de actores de menor arcaboiço, para a maior parte.

O Guido dos Misfits...

Rui Luís Lima disse...

Caro José Quintela Soares.
Ele é um actor respeitável e ainda recentemente o revimos em "O AMor não vai de férias" e ao longo do filme só nos recordávamos dele com o seu sonbrebro a tentar enganar o Clnt Eastwood no filme de Sergio Leone. Um actor que habita a memória dos cinéfilos.
Abraço cinéfilo
Paula e Rui Lima

Locations of visitors to this page