sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Vergonha


Não sei quem são os culpados, se privados ou públicos.
Mas é uma vergonha a degradação a que deixaram chegar o velho “Odeon”, à semelhança do que acontece com o “Paris”, por exemplo.
Para os cinéfilos, seria preferível ver baldios naqueles espaços, em vez deste “espectáculo” aberrante e triste.
Não eram salas de luxo, mas eram Cinemas.
E não mereciam este fim.

2 comentários:

Rui Luís Lima disse...

Caro José Quintela Soares
Nos tempos de criança fomos por diversas vezes ao Odeon, cinema que nos oferecia uma arquitectura única. Vê-lo abandonado é bem triste. Ele fazia parte desse quarteto dos Restauradores constituído pelo Condes, Eden e Politeama onde descobrimos o cinema. Já o Paris de que também fala era o cinema da nossa adolescência, todos os sábados ali estávamos, para ver os dois filmes da ordem, entrando sempre pela porta lateral:). Foram anos a visitar aquela sala aos sábados e o Jardim Cinema aos domingos, ficando assim todas as semanas com uma boa visão do cinema que passava por Lisboa, sempre a preços convidativos, os célebres sete escudos desses anos setenta.
Abraço cinéfilo
Paula e Rui Lima

Anónimo disse...

bom comeco

Locations of visitors to this page