quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Frases de Realizadores (23)



"Filme como sonho, filme como música. Nenhuma arte penetra na nossa consciência como o cinema, e vai directamente aos nossos sentimentos, bem fundo nos quartos escuros das nossas almas."

"Escrevo argumentos para servirem de esqueletos, esperando a carne e os tendões das imagens."

"Espero nunca envelhecer ao ponto de me tornar religioso."


Ingmar Bergman

4 comentários:

Pedrita disse...

não sei, acho que todas as artes penetram. e não sei se todas transformam pq aí depende de quem vê. beijos, pedrita

Rui Luis Lima disse...

Caro José Quintela Soares!
Ingmar Bergman é um dos cineastas que mais admiro e que para mim permanece bem vivo, porque ao revermos os seus filmes, estamos sempre em perfeita descoberta. Depois temos sempre os textos que ele nos deixou, "Lanterna Mágica", "Imagens" que lidos e relidos continuam a fascinar-me.
Foi Bom Recordar Ingmar Bergman.
Abraço cinéfilo
Rui Luís Lima

Anónimo disse...

Escrevo argumentos para servirem de esqueletos, esperando a carne e os tendões das imagens.

o argumento é, de facto, esqueleto, são depois as imagens que dão vida ao texto e fazem viver as emoções escritas. Talvez à carne e tendões - que remetem para a vitalidade enquanto músculo logo força - eu acrescentasse ainda sangue, que diz do pulsar.
Esta citação acaba tendo uma ponte com a anterior, pois são as imagens que fazem com que o cinema seja a arte que penetra na nossa consciência e vai directamente aos nossos sentimentos, bem fundo nos quartos escuros das nossas almas e o filme se torne sonho, e o filme se torne música
[gosto também deste quarto escuro, a alma enquanto lugar de anjos e demónios]

Bergmann, pois.


teresamaremar

Ursdens disse...

Ora o filho do pasto protestante dizia-se não religioso? eheh! Já deve ter nascido velho então...

Cumprimentos cinéfilos!

Locations of visitors to this page