segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Van Johnson


Van Johnson (1916-2008), de seu nome completo Charles Van Johnson, não foi uma primeira figura do cinema americano, mas as suas interpretações, em papéis secundários, nas décadas de 40 e 50, impuseram-no como quase indispensável em muitas produções.
Na verdade, terá mesmo aproveitado a ausência de grandes actores na Guerra, para cimentar o seu lugar na MGM, companhia para a qual trabalhou muitos anos.
O seu primeiro filme data de 1940, “Too Many Girls”, e seriam “A Guy Named Joe”, “The Caine Mutiny”, “The Last Time I Saw Paris”, mas principalmente “Brigadoon” (1954), de Vincente Minnelli, que o tornariam famoso.
Participou em mais de oitenta películas, e como homenagem à sua carreira, tem uma “estrela” no “Walk of Fame” em Hollywood.
Ei-lo a dançar com Lucille Ball, no programa que esta mantinha na televisão.

3 comentários:

Victor Afonso disse...

Olá.
Gostava de ter a tua opinião sobre o meu mais recente post acerca das primeiras obras no cinema.
Saudações.

Pedrita disse...

nossa, eu lembro da cara dele em alguns filmes, mas nunca tinha prestado atençao nele especificamente. beijos, pedrita

Rui Luis Lima disse...

Caro José Quintela Soares!
Van Johnson foi um actor multifacetado, e infelizmente hoje encontra-se um pouco esquecdo. Mas para nós ele será sempre o companheiro de Gene Kelly nesse brilhante conto de fadas e duendes chamado "Brigadoon" e o "alter-ego" de Francis Scott Fitzgerald em "A Última Vez que Vi Paris" ao lado de Elizabeth Taylos.
Abraço cinéfilo
Paula e Rui Lima

Locations of visitors to this page