segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Virgílio Teixeira



Há pouco mais de um ano, escrevi neste espaço a propósito deste actor português, hoje desaparecido.

"Virgílio Teixeira foi um caso notável do panorama cinematográfico português.Muito esquecido nos nossos dias, importa recordar que, para além de uma das figuras mais populares em Portugal, rodou muito mais filmes em Espanha do que no seu país, e mesmo Hollywood chamou-o muitas vezes.Contracenou com Richard Burton, Rita Hayworth e muitos outros grandes nomes das telas, em Espanha era, indiscutivelmente, cabeça de cartaz, interpretando sempre papéis de galã, muito em voga nas décadas de 40 e 50.Torna-se conhecido em Portugal em 1945, quando roda “José do Telhado”, e dois anos depois, ao lado de Amália, no célebre “Fado”.A partir daí, o actor vive mais tempo no estrangeiro, face aos convites que lhe chegavam, tornando-o um dos primeiros actores portugueses ( a par com António Vilar) a criar estatuto de “ídolo” além-fronteiras. E isto não é exagero. Basta ler as críticas espanholas da época.Virgílio Teixeira nasceu no Funchal, a 26 de Outubro de 1917."

Tinha 93 anos.

3 comentários:

Hugo Santos disse...

Um justíssimo reconhecimento, caro José.

Dezito (André Sousa) disse...

Parabéns pelo seu blog!

Visite Febre da 7ªarte com todo o cinema febril em:

http://febre7arte.blogspot.com/

Cumps cinéfilos

Anónimo disse...

TINHA 93 anos ? Desconhecia que ele tinha falecido. Sabia que, ultimamente, residia na "sua" ilha.
Sem duvida gala de grande talento.

AM

Locations of visitors to this page